Do blogtecnoword, Espírito Santo 09/05/2017

A maior rede social Facebook, recebeu uma ação para remover publicações consideradas discursos de ódio na Áustria, determinou na última sexta-feira um tribunal austríaco, no país, esta se considerando uma vitória legal para os ativistas que estão forçando as empresas de mídia social a travar esse combate online.

A ação que foi apresentada pelo Partido Verde do país, isso, por insultos ao seu líder, tem ramificações inLegisladores ao redor da Europa estão considerando formas de obrigar as rede sociais Facebook, Google, o Twitter e outras empresas a esta removendo da plataforma, discursos de apresentem ódio ou incitação à violência.

ternacionais, já que o tribunal decidiu que as postagens devem ser retiradas em toda a plataforma, eles não querem que seja apenas na Áustria, o que já havia sido deixado em aberto em uma decisão anterior.

Facebook recebe ação para remover postagem na Áustria.

A decisão vem em um momento em que legisladores ao redor da Europa estão considerando formas de obrigar o Facebook, Google, o Twitter e outras empresas a remover rapidamente discursos de ódio ou incitação à violência.

Na Alemanha, seu governo aprovou um plano no mês de Abril, para multar as redes sociais em até 50 milhões de euros, caso eles não removerem essas postagens de imediato, e a União Européia está considerando novas regras para toda a União Europeia.

Advogados do Facebook na capital Viena, não quiseram comentar a decisão do tribunal, que foi distribuída pelos Verdes e confirmada por um porta-voz da corte. O Facebook não respondeu de imediato a um pedido de comentário.

Anteriormente, o tribunal de apelação de Viena determinou o Facebook a remover as postagens contra a líder do Partido Verde austríaco Eva Glawischnig, bem como qualquer repostagem literal, e disse que apenas bloqueá-las na Áustria sem apagar o conteúdo para usuários no exterior não é suficiente.

O partido Verde espera que a decisão seja reforçada no tribunal superior da Áustria e que a Corte exija que o Facebook retire postagens com conteúdo semelhante, não apenas idêntico, e faça a companhia identificar proprietários de contas falsas.

Os políticos exigiram também que a rede social pague indenizações por danos, isso tornaria mais fácil para pessoas em casos semelhantes assumirem o risco financeiro de ao entrarem com ações judiciais. “O Facebook deve aceitar a acusação de que é a maior plataforma do mundo para o ódio e que não está fazendo nada contra isso”, disse o parlamentar Verde Dieter Brosz.

O presidente-executivo da rede social, Mark Zuckerberg, comentou que discursos de ódio não tem lugar na plataforma e que o Facebook publicou um documento de política sobre seu combate a notícias falsas em sua rede.

Clique aqui e confira mais sobre a rede social Facebook. 

Não esqueça de comentar nossos artigos do site, de curtir, Comentar e Compartilhar nossa página do Fecebook e também os nossos posts do instagram.

Olá cadastre seu email Gratuitamente para dicas:

Delivered by FeedBurner